Os direitos humanos não conhecem fronteiras. Porém, como revela o Informe 2013 da Anistia Internacional, os governos estão argumentando "interesses internos" para justificar tentativas vergonhosas de impedir ações internacionais conjuntas para resolver emergências de direitos humanos.

Adquira sua cópia

Peça agora sua cópia do Informe 2013 da Anistia Internacional

Ir para seções individuais de países

África

Em 2012, o aprofundamento da crise no Mali refletiu muitos dos problemas arraigados na região. Por toda a África, os ...

Américas

As violações generalizadas dos direitos humanos cometidas no passado e o fato de os responsáveis não terem prest ...

Ásia e Oceania

Nos países da Ásia e da Oceania, o simples ato de manifestar publicamente a própria opinião, fosse nas rua ...

Europa e Ásia Central

As eleições parlamentares da Geórgia foram um raro exemplo de transição democrática de poder em u ...

Oriente Médio e Norte da África

Os levantes populares que varreram o norte da África e o Oriente Médio no fim de 2010 cont ...

Anistia Internacional nas redes sociais